Serviços

Serviço Social

O setor de Serviço Social funciona como porta de entrada da associação para as famílias e pessoas com Trissomia do 21 que desejam participar das ações oferecidas pela Vitoria Down. No atendimento às famílias, é informado sobre a constituição da associação e dado orientações quanto aos direitos, necessidades e cuidado da pessoa com Trissomia do 21. O Serviço Social busca promover ações que visam contribuir com a melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento da autonomia de pessoas com Trissomia do 21, visando a sua plena participação social, além de atuar diretamente na defesa e garantia de direitos. Ações do setor de Serviço Social: Acolhimento, Anamnese, Atendimento Psicossocial, Estudo de Casos, Encaminhamento à Rede de Serviços, Elaboração e Avaliação de Projetos Sociais, Mobilização de Recursos, Representação nos Conselhos Municipais de Direitos e outras. Contato: servicosocial@vitoriadown.com

Serviço Social

Centro de desenvolvimento de habilidades e inclusão

CEDHAI ou CDAI

O Centro de Desenvolvimento de Habilidades e Inclusão tem como objetivo promover a o desenvolvimento de potencialidades e a sociabilidade, com foco no fortalecimento dos vínculos familiares, o convívio comunitário e a inclusão social.

Buscamos o desenvolvimento global da pessoa com Síndrome de Down oferecendo suporte e estímulos necessários para uma boa qualidade de vida. É um espaço que realiza atividades individuais e em grupo com crianças, adolescentes, adultos e idosos com T21 e seus familiares.

As ações do Centro de também visam ampliar a rede de convivência de pessoas com T21, famílias e comunidade compartilhando vivências e experiências, desenvolvendo habilidades e potencialidades e fomentando a inclusão social. 

Ações do Centro de Convivência

1 – PEDAGÓGICAS  (português instrumental, memória, matemática aplicada ao cotidiano)

Atividades pedagógicas com o objetivo de oferecer reforço escolar, contribuindo na compreensão, interpretação e formulação de textos, na leitura e na escrita. Quanto a matemática, tem como objetivo trabalhar raciocínio lógico, sistema monetário, conceitos matemáticos e outras atividades que promovam a compreensão do mundo. 

2 – PSICOMOTRICIDADE

Atividades que buscam desenvolver a agilidade, atenção, lateralidade, coordenação motora global e o espírito de equipe, estimulando a participação em atividades voltadas ao esporte, lazer e recreação contribuindo com o desenvolvimento da autonomia e a integridade física.

3 – ATIVIDADES DA VIDA DIÁRIA / APOIO A VIDA ADULTA

Atividades que contribuem com o desenvolvimento da autonomia e o aprendizado.  São trabalhadas tarefas básicas de autocuidado, para se viver de maneira independente (hábitos de higiene pessoal, limpeza de ambientes, manutenção das tarefas domésticas, manuseio de recursos tecnológicos).

4 – OFÍCIOS T21

É uma iniciativa de inclusão social através do ensino de ofícios tradicionais, e o uso de ferramentas, adaptados as pessoas comT21: marcenaria, pintura e alvenaria leve estão na pauta do Curso. O objetivo é criar uma metodologia útil de aprendizado de ofícios e uso de ferramentas com segurança, visando ser um padrão de aprendizado reproduzível em outras associações T21. 

Fazemos um trabalho sequencial evolutivo, exercícios de repetição e memoria psicomotora.  A “Oficina de Ofícios T21” abre caminho para melhorar a autoestima dos Jovens por meio do aprendizado de ofícios elementares e cotidianos, fomentando um crescimento intelectual e o aprendizado através do trabalho em equipe.

5 – GAMETERAPIA

Atividades que visam promover o aumento do controle e da força, melhoria da capacidade muscular, da concentração, aumento da autoestima, alívio do estresse e outros.

6 – DANÇA

As oficinas de dança têm como objetivo desenvolver habilidades como equilíbrio, coordenação motora, postura corporal e condicionamento físico. Junto a isso, as oficinas pretendem estimular o desenvolvimento da autonomia, confiança e o autoconhecimento de forma a utilizar a dança como ferramenta para ampliar do protagonismo das pessoas com T21 e sua inclusão social. 

7 – MUSICOTERAPIA

Atividades que buscam à prática musical, através de práticas sonoras (cantar, falar e ouvir), respeitando as particularidades dos participantes. Nesse sentido o planejamento das atividades está em reconstrução permanentemente, sempre orientada na direção da “expansividade” (emocional, sensorial, cognitivo).

8 – TEATRO INCLUSIVO

O teatro inclusivo consiste em atividades lúdicas que influenciam no desenvolvimento de habilidades e potencialidades pessoais e sociais. A prática do teatro favorece a cooperação, a socialização e auxilia na comunicação e expressão com o corpo, que é o instrumento utilizado para interagir com o mundo. A linguagem teatral auxilia a perder continuamente a timidez, a desenvolver e priorizar a noção do trabalho em grupo, a se sair bem de situações onde é exigido o improviso e a se interessar mais por textos e autores variados, enfim, o teatro ensina a viver. A oficina de teatro tem como objetivo promover espaços que fortaleçam o desenvolvimento da autonomia e a inclusão social. 

Centro de Atenção Integral às Famílias

O Centro de Atenção Integral às Famílias tem como objetivo acolher, orientar, encaminhar e apoiar as famílias das pessoas com T21 (síndrome de Down) do Estado de Espirito Santo desde momento da notícia do diagnóstico até o envelhecimento.

Oportunizamos momentos de interação entre as famílias visando o fortalecimento de vínculos, a melhoria da qualidade de vida e a inclusão social por meio de Rodas de Conversas, Momento da Noticia, Encontros de Famílias, Oficinas do Brincar, Encontro de Irmãos e outros eventos promovidos pela Associação, como Fórum e Cursos de Capacitação.

A Roda de Conversa pretende fortalecer, integrar e empoderar as famílias por meio da troca de experiências, suporte social mútuo e informações verídicas, integrando-as no movimento associativo enquanto membros ativos e multiplicadores do trabalho desenvolvido pela Vitória Down. Estas Rodas de Conversa acontecem bimestralmente.

O Momento da notícia é o acolhimento e orientação das famílias que receberam o diagnóstico da T21 recentemente. É um espaço seguro e sigiloso em que conhecemos as particularidades de cada família e, quando necessário, são realizados encaminhamentos para serviços e programas da Assistência Social e Saúde.  Essas famílias são integradas às atividades ofertadas pela Vitoria Down.

Os Encontros de Famílias são oportunidades de celebrar algumas datas importantes como o dia Internacional da síndrome de Down, a festa Junina, o final do ano ou um piquenique informal. São momentos de troca em que as famílias compartilham o desejo de estarem unidas, de promoverem a qualidade de vida das pessoas com T21 e a inserção social na comunidade.

A Oficina do brincar incentiva o exercício do brincar de crianças de 0 a 12 anos com foco no desenvolvimento integral, aquisição de noções corporais; estimulação da criatividade, curiosidade, imaginação, comunicação, habilidades motoras, criação de vínculos e interação social. As oficinas acontecem mensalmente na sede da Associação ou em locais públicos, como parques.

O Encontro de Irmãos consiste na união de irmãos de pessoas com T21 acima de 08 anos com o objetivo de criar um vínculo e identificação entre eles, estabelecer um espaço particular para troca de experiências, sentimentos e desejos, assim como dialogar sobre temas da inclusão social e de melhoria de qualidade de vida das famílias. Estes encontros acontecem bimestralmente.